A Lava Jato não está em perigo

A Lava Jato não está em perigo, como afirma o juiz Sérgio Moro, por conta das propostas de combate aos abusos de autoridade de juízes e promotores. Para Fabretti, uma operação estaria em perigo apenas se os agentes públicos cogitassem abusar do poder. Caso eles pretendam seguir a Lei, a Constituição e os ritos legais, eles não poder ser impedidos de trabalhar.

Quem possui a legitimidade para processar um juiz, um promotor ou um procurador é o chefe máximo de cada instituição. Segundo Fabretti, quem tem o poder de fiscalizar a conduta, por exemplo, do procurador Deltan Dallagnol é o próprio chefe do MPF. "Não é a população, não é o Renan Calheiros, não sou eu quem vai apontar o dedo na cara".

"Será que não precisamos de um controle sobre aqueles que têm a caneta sobre a liberdade de alguém? Sobre quem tem o poder ou não de mover uma ação penal?".

"Não existe democracia sem Ministério Público e magistratura fortes e independentes. Mas fortes e independentes não significa serem incontroláveis."

Postagens mais visitadas deste blog

PAROQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REALIZA ASSEMBLEIA PAROQUIAL E APROVA CALENDÁRIO DE ATIVIDADES 2019

PIMENTA BUENO - A DIFÍCIL TAREFA DE EQUILIBRAR AS CONTAS PÚBLICAS

Mudança de regime jurídico volta à ordem do dia em Pimenta Bueno e assusta os servidores e servidoras municipais.