Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 1, 2009

No Sítio do Tio Domingo a vida rima com poesia

Tio Domingos como é carinhosamente tratado na família é agricultor, mora numa chácara que inspira qualquer compositor de musica raiz a compor suas canções. Estivemos com ele nos dois dias de carnaval. Trocamos o samba pelas músicas caipira e as avenidas do carnaval pelas ruas de milho e de arroz. Pamonha, cural, frango caipira feito no fogão a lenha e temperado com banha de porco foi o cardápio do dia.
PROCÊ QUE NÃO FOI LÁ, VAI AI UMA POESIA CAIPIRA SÚPER ENGRAÇADA PRA DESCONTRAIR ;
Vô contá como é triste vê a veíce chegá,Vê os cabêlo caíno, vê as vista encurtá.Vê as perna trumbicano, com priguiça de andá.Vê “aquilo” esmoreceno, sem força prá levantá.
As carne vão sumino, vai parecêno as vêia.As vista diminuíno e cresceno a sombrancêia. As oiça vão encurtano, vão aumentano as orêia. Os ôvo dipindurano e diminuíno a pêia.
A veíce é uma doença que dá em todo cristão:dói os braço, dói as perna, dói os dedo, dói a mão.Dói o figo e a barriga, dói o rim, dói o pulmão.Dói o fim do espinhaço, …