Postagens

Mostrando postagens de Novembro 9, 2009

PAPAGAIO NÃO SABE O QUE FALA

POR DADO MARTINS

NA MINHA OPINIÃO acho que muita gente não sabe o que está dizendo quando “mete o pau” no PROJOVEM que está sendo executado com tanta qualidade em Pimenta Bueno. Nem mesmo alguns poucos alunos que aparecem de vez em quando apenas para pegar os “cenhão” pagos pelo Governo Federal.Em geral são esses descompromissados com a própria qualificação profissional que falam como papagaios, sem saber o que estão dizendo, e polvilham informações desencontradas pela cidade a respeito do PROJOVEM. A execução deste programa em Pimenta Bueno pode não ser a melhor do Brasil, mas com certeza é um referencial no Estado de Rondônia e está mudando totalmente a vida dos alunos que estão se emprenhando para terem uma qualificação profissional melhor. Os alunos de telemática, por exemplo, estão adquirindo um conhecimento que os qualificará para trabalhar nos sistemas mais complexos de informatização, especialmente em redes, setor mais requisitados dos sistemas informatizados da atualidade. Saber…

POR QUE A SAÚDE PIOROU?

Imagem
Falta de recursos não é. De 2004 a 2008, os repasses para a saúde só tem aumentado. Em 2008 Pimenta Bueno recebeu 4.838.776,88 do Governo Federal, quantia 47,49% superior ao ano de 2004. No mesmo período, os repasses para Cacoal, para onde são enviados boa parte dos nossos pacientes, esse incremento na receita foi de apenas 31,51%.

Aumento populacional? Também não pode ser. O senso 2007 aponta uma população de 32.893 habitantes em Pimenta Bueno, se comparado ao penúltimo senso que ocorreu em 2000, estes índices permaneceram quase que inalterados. Os gráficos em azul, mostram apenas os repasses do Governo Federal, mas ainda tem os repasses no Governo Estadual, que não sei se melhoraram. Até 2004 estes repasses dificilmente chegavam. Fora as transferências Federais e Estaduais, constitucionalmente o município deve repassar aos cofres da saúde, 15% do seu orçamento. Na ultima vêz que conversei com o Prefeito Augusto sobre este assunto, ele informara que estava repassando 19%, ou seja, 4% …