Pular para o conteúdo principal

Pimenta Bueno - A luz elétrica chegou no Marco Rondon

A festa foi na casa do Sr. Erpidio e Dona Luzia. Eles são pais do nosso amigo João Telles, conhecido como Joaozinho do Son. Foi um dia inesquecível para eles e para nós. A felicidade estava estampada no rosto de cada um, e o motivo era um só, a chegada da energia elétrica após uma longa espera.

Aos 81 anos e a cerca de 40, morando no Marco Rondon, sem energia, Seu Erpidio estava feliz e falante. Disse que não acreditava que este sonho se realizaria  tão cedo.

Enquanto o churrasco assava e o franguinho caipira cheirava no fogão de lenha, a música sertaneja ao vivo, a cervejinha gelada e um bom papo tornava o dia ainda mais agradável.

Seu Pedro, o construtor estava presente com toda a família e com os filhos que assumiram o violão e boa parte da cantoria. É claro que eu e Matilde, também mostramos um pouco do nosso pequeno repertório. Hideo não cantou, mas discursou, bateu papo com os colegas e falou dos desafios de levar luz elétrica em todos os cantos de Rondônia. Hideo disse ser compensador todo o trabalho e toda a dificuldade enfrentada na realização do Programa. Cada obra tem sua própria história, seus desafios e sua emoção. Levar energia elétrica à casa das pessoas é levar conforto, bem estar e qualidade de vida para quem escolheu o campo para viver.

João Telles estava emocionado e feliz. Foi dele a tarefa de não deixar os pais se desanimarem e fazê-los acreditar que o sonho se realizaria. Por esta razão, não foi possível conter as lágrimas, João abriu o microfone para os convidados e se retirou por um instante, Matilde o flagrou com os olhos cheios de lágrimas. “agora sei que meus pais terão um pouco mais de conforto e a energia elétrica irá tornar a vida deles um pouco mais fácil e mais divertida por aqui”.


Postagens mais visitadas deste blog

JI-PARANÁ: PT REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO DO NOVO DIRETÓRIO ESTADUAL

O encontro aconteceu ontem em Ji-Paraná com análise de conjuntura estadual e nacional, prestação de contas, apresentações e debate sobre as eleições municipais deste ano.
O presidente Anselmo de Jesus abriu a reunião agradecendo a presença dos novos membros do Diretório Estadual, convidados e simpatizantes que lotaram o plenário da Câmara Municipal de Ji-Paraná. Em seguida, passou a palavra ao Deputado Lazinho da FETAGRO que fez uma retrospectiva de sua ação parlamentar em 2019 e as expectativas para 2020.
Davi Nogueira e Mauro Porto realizaram uma belíssima reflexão sobre a guinada conservadora e o avanço do neoliberalismo com sua faceta antidemocrática instalada no Brasil. Davi conceituou a palavra ideologia e  apresentou o viés ideologico que norteia as decisões do governdo de extrema direita de Jair Bolsonaro.

Davi Nogueira lembrou o conceito sobre ideologia defendido por Karl Marx onde ele afirma que poderemos compreender a função implícita ou explícita da ideologia, sua tentat…

PIMENTA BUENO - A DIFÍCIL TAREFA DE EQUILIBRAR AS CONTAS PÚBLICAS

FAZENDO AS CONTAS
Antes de iniciar este texto, preciso deixar claro minha posição em relação a atual gestão municipal e as pessoas do Prefeito e Vice-Prefeito de Pimenta Bueno. Em que pese estarmos de lados opostos no campo ideológico, devo dizer que cultivo um grande respeito e uma ótima relação com o Prefeito Arismar e seu Vice-prefeito, Valteir. Nada do que eu disser aqui, terá relação com a pessoa do prefeito e muito menos com seu mandato que acaba de iniciar. Vou tentar ser o mais imparcial possível e se não parecer, desculpe-me, pela visão.
Pimenta Bueno inicia 2019 com nova gestão e velhos problemas, uma pauta que inclui:
·Reajuste do IPTU
·Descontentamento da população com a situação das ruas e estradas
·Reclamação de mau atendimento no hospital Ana Neta
·Demissão de professores
·Corte na gratificação de servidores da educação em cargos gratificados
·Pressão dos professores em sala de aula por gratificação de 5% sobre os seus vencimentos
·Pressão do Legislativo sobre o Executivo por m…

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SE DESPEDE DE CELIMAR

Na Igreja onde ela sempre serviu, sua foto estava sobre o Altar. Lugar reservado a quem tem as mãos limpas, um coração puro, quem não é vaidoso e sabe amar. Era assim que os amigos e amigas que ali estavam a descrevia. No rosto de cada um e cada uma, se percebia estampada uma grande dor pela separação, mas no coração todos guardavam a certeza do seu encontro definitivo com Deus. Pois todo aquele que nele crer jamais morrerá.
Frei Romeu destacou a sua dedicação à comunidade, a firmeza e coragem com as quais enfrentou a doença. Ela não se deixou abater, não se entregou e não abandonou o serviço e a preocupação com os outros mesmo diante de toda a dificuldade imposta pelo tratamento e suas idas e vindas de Barreto. Frei Paulino também fez considerações ao grande exemplo de fé e dedicação de Celimar e lembrou aos presentes que não precisamos esperar o dia de finados para rezar e homenagear nossos entes queridos. A comunidade Nossa Senhora de Fatima tem uma Missa especial dedicados a ele…