Pular para o conteúdo principal

Nota oficial: Força tarefa mantém sua perseguição contra o PT – dentro e fora dos autos

A perseguição ao PT, notadamente, não se compara à benevolência com que procuradores tratam outras agremiações partidárias
 30/06/2017 18h46

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima usou sua página na rede social Facebook nesta sexta-feira (30) para promover uma série de ataques contra o Partido dos Trabalhadores. O direito à manifestação é livre, mas causa estranheza que um funcionário público de alto escalão exprima suas opiniões reiteradamente fora dos autos, numa clara tentativa de pressionar a Justiça e a opinião pública, e fazer valer seus desejos em meio aos trâmites processuais da Operação Lava Jato.


Coincidentemente, o desequilíbrio verbal e o descontentamento do procurador Carlos Fernando se dão no exato momento em que João Vaccari Neto foi absolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Os juízes foram claros ao sentenciar que, segundo a lei, delações sem provas não bastam para condenar uma pessoa. Vamos repetir: segundo a legislação brasileira, delações sem provas não são suficientes para incriminar e, menos ainda, manchar a honra de quem quer que seja. Se é fato que ninguém está acima da lei, também não podemos admitir que esteja abaixo dela.


Infelizmente, essa não é a primeira demonstração do ódio dos procuradores contra o Partido dos Trabalhadores. O caso mais célebre dessa caçada judicial foi o infame power point contra o ex-presidente Lula, que virou motivo de piada nas redes sociais devido ao amadorismo e à fragilidade da denúncia. Pelo jeito, a Força Tarefa não aprendeu a lição e continua a agir de maneira que não condiz com a história do Ministério Público brasileiro e de seus representantes.


A perseguição ao PT, notadamente, não se compara à benevolência com que esses procuradores tratam outras agremiações partidárias. O PT e seus dirigentes estão e sempre estiveram à disposição da Justiça para prestar todos os esclarecimentos necessários dentro do processo legal, que é o espaço para que dúvidas sejam dirimidas e a justiça seja feita.


Assessoria de Imprensa do Partido dos Trabalhadores

Postagens mais visitadas deste blog

UMA HOMENAGEM A QUEM TANTO SE DEDICOU A ARTE E A CULTURA DE PIMENTA BUENO

Após nove anos de sua inauguração e sem condições de ser entregue a população, o Centro Cultural Antônio Augusto Neves foi reinaugurado nesta quinta feira, (23/11/2017). A reinauguração fez parte do rol de atividades e da programação que comemorou os 40 anos de emancipação político administrativo de Pimenta Bueno.
Dentre as tantas pessoas que sonharam e que esperaram por esta inauguração de fato, uma não estava presente, Valdinar de Souza Ferreira, uma das referências no meio artístico e cultural de Pimenta Bueno que perdeu a vida em um acidente de transito em julho de 2012 sem ver este projeto concluído.
Em meio a tantos homenageados e tantos agradecimentos às pessoas e autoridades que trabalharam e lutaram para que a cidade tivesse um espaço dedicado à arte e a cultura, Valdinar enfim foi lembrado e homenageado pela Vereadora Jordana Ferreira. Jordana fez questão de registrar  sua dedicação e amor pela arte e a cultura e lembrou  sua luta quase que  solitária em favor deste seguimen…

HUMOR - Amo ocê !

Declaração de amor a moda mineira.

Ocê é o colírio du meu ôiu.

É o chicrete garrado na minha carça dins.
É a mairionese du meu pão.
É o cisco nu meu ôiu (o ôtro oiu - eu tenho dois).
O rechei du meu biscoito.
A masstumate du meu macarrão.

Nossinhora!
Gosto dimais DA conta docê, uai.
Ocê é tamém:O videperfume DA minha pintiadêra.
O dentifriço DA minha iscovdidente.
Óiprocevê,
Quem tem amigossim, tem um tisôru!
Ieu guárdêsse tisouro, com todu carinho ,
Du Lado isquerdupeito !!!
Dentro do meu Coração!!!


AMO Ocê, uai!!!
Fassa favô de mandar pra todos seus amigus du coração
incrusive eu!!!


BRIGADO PELO CARIN cumqueu sempre pude contá!!!!

Contribuição da minha amiga Lucia.

A FAMÍLIA DO BRUNO E DA VANESSA AGORA ESTÁ COMPLETA, O MIGUEL CHEGOU

A chegada de um filho é sempre um momento único. Ainda mais quando é tão esperado como foi o caso do Miguel. Uma multidão de pessoas, amigos do casal Bruno e Vanessa estão em estado de graça por este acontecimento. Tivemos  a oportunidade, eu e Matilde,  de estar com eles em Alta Floresta à exatos  seis dias da chegada do Miguel e também de estar no Hospital São Paulo em Cacoal no dia em que ele nasceu. Registrei estes dois momentos que com certeza, serão inesquecíveis. O sorriso na cara e a batida do coração dava para ouvir e sentir à distância. Somente quem viveu o que eles estão vivendo sabe o tamanho desta emoção.