Pular para o conteúdo principal

PEIXÃO - Produtos para Pesca e Presentes

Quem visita o Peixão em Pimenta Bueno, descobre uma variedade enorme de artigos de  pesca e presentes, utilidades domestica e passa tempo.

É impressionante a quantidade, variedade e  qualidade dos produtos colocados a disposição do publico consumidor. Difícil é entrar e sair sem levar nada. Os expositores sempre te faz lembrar de uma necessidade ou de uma pessoa que gostaria de presentear. Sempre tem algo parecido com você ou com alguém que você conhece.

Kits para piquenique, barracas, motores de popa, kits para churrasco, redes para dormir e pescar, varas, tarrafas, molinetes,   cadeiras, churrasqueiras para barcos e para casa, linhas, chumbadas, caixa de isopores, coletes, faroletes e um monte de outras coisas que nem imaginei encontrar em Pimenta Bueno.

O Peixão deveria ampliar seu nome de fantasia para "Peixão- Pesca e Presentes" assim estaria de fato resumindo tudo que a elegante loja oferece.  O que se percebe no Peixão é que os produtos ali oferecidos, são pesquisados  por quem conhece do ramo de pescaria, pratica este rob e prima pela qualidade. Visite o Peixão na Avenida Cunha Bueno próximo a rodoviária  ou confira mais fotos no blog http://jmatilde.blogspot.com, ou assista uma apresentação clicando na galeria ao lado.

Postagens mais visitadas deste blog

PIMENTA BUENO - A DIFÍCIL TAREFA DE EQUILIBRAR AS CONTAS PÚBLICAS

FAZENDO AS CONTAS
Antes de iniciar este texto, preciso deixar claro minha posição em relação a atual gestão municipal e as pessoas do Prefeito e Vice-Prefeito de Pimenta Bueno. Em que pese estarmos de lados opostos no campo ideológico, devo dizer que cultivo um grande respeito e uma ótima relação com o Prefeito Arismar e seu Vice-prefeito, Valteir. Nada do que eu disser aqui, terá relação com a pessoa do prefeito e muito menos com seu mandato que acaba de iniciar. Vou tentar ser o mais imparcial possível e se não parecer, desculpe-me, pela visão.
Pimenta Bueno inicia 2019 com nova gestão e velhos problemas, uma pauta que inclui:
·Reajuste do IPTU
·Descontentamento da população com a situação das ruas e estradas
·Reclamação de mau atendimento no hospital Ana Neta
·Demissão de professores
·Corte na gratificação de servidores da educação em cargos gratificados
·Pressão dos professores em sala de aula por gratificação de 5% sobre os seus vencimentos
·Pressão do Legislativo sobre o Executivo por m…

COMUNIDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA SE DESPEDE DE CELIMAR

Na Igreja onde ela sempre serviu, sua foto estava sobre o Altar. Lugar reservado a quem tem as mãos limpas, um coração puro, quem não é vaidoso e sabe amar. Era assim que os amigos e amigas que ali estavam a descrevia. No rosto de cada um e cada uma, se percebia estampada uma grande dor pela separação, mas no coração todos guardavam a certeza do seu encontro definitivo com Deus. Pois todo aquele que nele crer jamais morrerá.
Frei Romeu destacou a sua dedicação à comunidade, a firmeza e coragem com as quais enfrentou a doença. Ela não se deixou abater, não se entregou e não abandonou o serviço e a preocupação com os outros mesmo diante de toda a dificuldade imposta pelo tratamento e suas idas e vindas de Barreto. Frei Paulino também fez considerações ao grande exemplo de fé e dedicação de Celimar e lembrou aos presentes que não precisamos esperar o dia de finados para rezar e homenagear nossos entes queridos. A comunidade Nossa Senhora de Fatima tem uma Missa especial dedicados a ele…

Mudança de regime jurídico volta à ordem do dia em Pimenta Bueno e assusta os servidores e servidoras municipais.

Nos dias atuais, falar em mudança no âmbito dos governos Federal, Estadual e Municipal é falar em corte de direitos. Mudanças que sempre tira beneficios de quem mais trabalha e menos ganha. Foi assim com a reforma trabalhista, com a PEC dos gastos publicos  e assim será com a reforma da previdência aqui e ali. É a consolidação do Estado mínimo que vai cortando  os pobres e os trabalhadores do Orçamento público e retirando dos menos favorecidos  o pouco de dignidade  que ainda lhes restam. 
Conversei com alguns servidores na semana passada sobre a pretensão do executivo local de ressuscitar o debate sobre a mudança do regime jurídico dos servidores celetistas para estatutário e vou reproduzir aqui algumas opiniões que ouvi a respeito do assunto sem revelar as fontes como prometi a eles. 
A primeira questão que levantei, foi sobre as razões que sempre levam os prefeitos em início de mandato a ventilar esta possibilidade de mudança e eles responderam assim: 
A resposta é simples, querem…